Aventura inesquecível de uma mulher

AVENTURA INESQUECÍVBEL NO NORDESTE



Tenho e 20 anos de casada. Meu presente de aniversário de casamento foi uma viagem, sozinha, de 10 dias em uma Capital do Nordeste. Escolhi uma com belas praias. Sou muito gostosa e adora sexo. Meu marido adorou a ideia de me deixar ir sozinha... Disse-me que eu estaria livre para aproveitar tudo o que eu gostasse de fazer, sem qualquer restrição... Ele adora me ver sendo desejada por outros homens...Isto o excita muito...Quando falamos sobre isto, durante nossos encontros sexuais, sinto que ele se excita muito, fantasiando...principalmente quando participo delas.

Peguei um voo chart. Logo que cheguei ao Aeroporto vi que a maioria de nosso Grupo era constituído de casais. Dos 30, apenas 04 estavam sozinhos, eu e mais três homens, onde o mais novo deles devia ter uns 30 anos e quando meu viu, logo colocou os olhos em cima de meu corpo de guriazinha... A todo instante, enquanto estávamos acertando o embarque, notava seus olhos em cima de mim... Aquilo me deixou contente e meu ego subiu, pois notei que um outro, mais velho também me olhava, a todo instante... Pensei:

- Bem, só ficarei sozinha nessa viagem se quiser, pois já tenho dois machos querendo chegar em mim... Isto será muito bom!

A viagem foi longa e cansativa. Como era noite, dormi o máximo que pude. Chegamos de madrugada e lá já havia um ônibus com guia nos esperando. Entrei no ônibus e logo em seguida o meu fã chegou e pediu licença para sentar ao meu lado.

- Olá, posso sentar?

- Sim, pois não.

- Vieste sozinha?

- Sim, meu marido me deu uns dias de folga...

Notei que seus olhos brilharam e logo ele falou:

- Eu também vim sozinho para poder descansar e aproveitar esse clima gostoso daqui. Meu nome é Ralf. E você?

- Carla.

O Guia começou a dar as instruções e já marcou uma ida a uma praia distante uma hora. Sairíamos às oito horas.

Meu apartamento ficou ao lado do Ralf. Joguei as malas no guardaroupa e cai na cama, deixei para tomar banho pela manhã. Dormi logo, porém, antes pensei no Ralf. Era um belo espécime de homem, alto e musculoso...

Depois do café, vesti meu minúsculo biquíni e coloquei um vestido de tecido leve sobre meu corpinho... senti que fiquei muito gostosona.

- Olá, dormiu bem?

- Sim e você?

- Igual a uma pedra!

Os lugares por onde passamos eram lindos. Ao chegarmos o pessoal se espalhou pela linda praia de areia branca e água cristalina. Um paraíso!

Karl instalou-se ao lado. Lá pelas tantas ele disse que iria dar uma caminhada pela areia e me convidou. Fiquei na dúvida se podia ir... Mas como estava sozinha, ninguém me conhecia e, além do mais, o meu marido disse que podia fazer de tudo... não achei nada de mal em dar uma caminhada com aquele homenzarrão.

- Então você é casada? Como é que um marido ousa deixar uma mulher tão linda vir para cá, sozinha?

- Ele confia em mim e não vejo nenhum mal nisto.

- Ainda bem. Olha lá que lugar lindo!

Era uma entrada do mar onde não havia ondas, parecia um rio. Corremos para chegar ao local. Ficava um pouco distante de onde o Grupo ficara. Tirei meu vestido e meu corpo bem feito foi apresentado aquele jovem... Notei que seus olhos brilharam e logo fitaram meus seios firmes de guriazinha, que ficaram com os biquinhos durinhos com o olhar de aprovação dele... Em seguida,, senti seus olhos mirando no méis de minhas coxas... minha bucetinha começou a ficar molhadinha, pois nunca havia recebido um olhar assim, tão forte e demonstrando desejos por mim...

- Nossa, mas você é muito linda! Não acredito que sejas casada... Teu marido é um privilegiado e, volto a dizer, muito corajoso por te deixares vir sozinha...

- Obrigada... Quanto ao fato de estar sozinha, ele confia em mim e a idéia foi dele...

- Mas eu não deixaria uma mulher tão gostosa longe de mim...

Aquilo deixou-me orgulhosa e meu ego feliz, pois receber um elogio de um jovem bonito e forte como Karl, era sinal que meu corpo ainda estava em forma, apesar de meus 40 anos.

- Vamos entrar nessa delícia de água? Falou ele, já tirando sua bermuda e ficando somente com uma sunga apertadíssima, onde dava para ver seu pau... devia ser enorme e grosso, pois pelo tamanho que aparecia... Ele viu que meus olhos se dirigiram ao seu pau... Também, não dava para deixar de olhar uma coisa daquelas, ainda mais que era a primeira vez que estava assim, tão perto e sozinha com um homem tão gostos o como ele...

Entramos na água... Notei que de lá, não enxergávamos ninguém do Grupo... Karl mergulhou e veio nadando por baixo até bater em minhas coxas... levei um susto e, ao mesmo tempo, um choque elétrico, pois suas mãos passaram bem em cima de minha bucetinha...

- Oh, desculpe-me... Não falei nada. Ele ficou parado na minha frente, a água batia em nós um pouco acima de nossos joelhos... nossos corpos estavam expostos aos olhares um do outro... ele olhava para meus seios e para o meio de minha pernas e eu olhava para seu pau que começava a crescer dentro de sua sunga...

- Como você é linda e gostosa... que corpo lindo... pareces uma guriazinha... teus seios pequeninos parecem duas perinhas... olha como os biquinhos estão salientes... isto é sinal de excitação... eu sinto que tu também estás sentindo o que estou sentindo neste momento...

Dizendo isto, ele puxou-me de encontro aos seu corpo e sua boca grudou-se na minha, num beijo louco de desejos... sua língua entrou para dentro de minha boca como uma cobra, quente e insinuosa, deixando-me sem ação...logo senti a dureza de seu pau apertando-se de encontro a minha buceta molhada de desejos... nunca havia sentido um prazer tão louco e nunca estivera numa situação assim, sendo abraçada por um homem estranho e colada contra seu pau férreo...

- Ai Carla...eu te desejo... estou louco por ti... desde ontem à noite...

- Não Karl, eu sou casada... não faça isso comigo... aiiiii... hummmm....

Aquilo era um incentivo para seus beijos... logo suas mãos começaram a passear sobre meu corpo, agarrando minhas nádegas firmes e roliças... ele apertava e me puxava de encontro aquele pau férreo...

- Ai Karla... me larga... hummm... não, eu não quero....

- Quer sim.... sente como te desejo... ai minha mulherzinha gostosa...sente como te desejo... sente meu pau como ele aperta tua bucetinha pequenina, louco para senti-la... ai meu amorzinho...eu te quero...

Logo ele puxou meu soutien para baixo e meus seios pequeninos e durinhos apareceram ante seus olhos... sua língua logo começou a passar sobre meus biquinhos, deixando-me louca... incendiada e agora já totalmente submissa àquele jovem... eu nunca vivera uma situação dessas... estar louca de desejos nos braços daquele jovem era uma coisa muito gostosa e logo senti uma turbilhão em minha cabeça e atingi um orgasmos fortíssimo...

- Ai meu homem... aiii que prazer....beija forte... assimmm...aiiiii.... hummmm eu estou gozando...ai que coisa deliciosa...que prazer enorme você está me dando.... me beija, chupa meus biquinhos....aiiiii.... assimmm, aiii que prazer... hummmm, eu estou gozando forte....

Abracei-me forte contra ele, enfiei minha buceta contra aquele pau duro e esfreguei-me gostosamente na ponta daquela tora gostosa... minha mão desceu e enfiou-se para dentro de sua sunga... nossa, que duro e que grosso era aquele pau...muito maior do que o de meu maridinho... e como era grande... o Karla era super dotado...

- Ai Carla...que gostoso sentir tua mãozinha pegando meu pau...sente como ele te quer....sente com ele esta louco por tua bucetinha.... aiii...aperta...assimm....

Karl se ajoelhou e minha frente e numa rapidez incrível, baixou minha calcinha e logo grudou sua boca e língua no meio de minha buceta toda molhada de gozo... ao sentir sua língua passar sobre meu clitóris enorme e saltado para fora de meus lábios vaginais, explodia num segundo gozo...agora bem mais forte....

- AIIIII... meu homem...eu te adoro...mais forte....aiii que língua gostosa... assimm...mais forte...aiiii que prazer, eu te adoro meu macho gostoso....hoje à noite quero que você vá ao meu apartamento...quero foder contigo...quero sentir esse pau enorme penetrar em minha bucetinha apertadinha e sentir todos os prazeres que uma mulher pode sentir...aiiiiii....hummmmm.... que prazer... hummm.....eu vou enlouquecer de tanto gozo...

Antes que ele me fudesse ali e alguém pudesse ver, pedi a ele que parássemos e fossemos ficar com os corpos dentro d?água para acalmar o fogaréu que nossos sexos estavam sentindo...eu já havia tido dois orgasmos fortíssimos e queria deixar para a noite...

O dia passou, ficamos bastante bronzeados, fiquei com a marca branquinha do biquíni...

Jantamos e após fomos até a boate. Ele convidou-me para dançar... Em segundos de dança, senti seu pau crescer no méis de minha pernas e cutucar minha buceta... aquilo foi muito gostoso, pois a luz era fraca, para namorar e não me preocupei com nada, pois via que outros jovens casais também estavam fazendo a mesma coisa que nós dois... Uma excitação muito garnde foi tomando conta de minha bucetinha que não agüentei...

- Ai Karl, vamos para meu apartamento... eu te quero...estou louca para sentir esse pau entrando em minha bucetinha...ela está louca por ele...

Aquilo deixou-o mais duro ainda e para não dar na cara, fomos dançando até chegar ao lado de nossa mesa... sentamos para ele baixar aquela ?barraca pontuda?...

Quando ele conseguiu se controlar, saímos... Fui na frente...Abri o apartamento e logo em seguida ele entrou... Abraçou-me e logo suas mãos começaram a agir...em instantes, fiquei nua à sua frente...retirei sua camisa e puxei sua calça para baixo...NOSSSA! Que delícia de pau grosso e comprido apareceu ante meus olhos...colei minha bucetinha louca contra aquela cabeçorra e esfreguei-me gostosamente contra ele....

- Carla meu amorzinho...minha gostosa...que corpo lindo você tem...vem.. eu te quero!

Pegou-me como uma pluma e levou-me direto para a cama.... colocou-se numa posição de 69 e ambos buscaram dar prazer au outro com nossas língua e beijos....

- Nossa meu amor, que clitóris enorme tu tens...nunca tinha visto um assim, tão pontudinho e grande...

- Eu fico assim quando estou muito excitada...Acho que é a segunda vez que ele consegue crescer tanto assim...a primeira vez foi quando casamos, na primeira vez que o Paulo me beijou ali...fui às estrelas com aquela língua...

- Ai minha mulherzinha gostosa, eu quero te fuder...

Karl se posicionou no meios de minhas pernas, pegou sua vara enorme e pincelou meu clitóris, molhando minha entradinha com meu líquido abundante...de repente, senti aquela cabeçona tentar entrar....

- Aiiii Karl...pára....pára...vai devagarzinho...você é muito grande para minha bucetinha....O Paulo não tem um pauzão igual ao teu....enfia aos pouquinhos até que ela se acostume...

- Nossa Carla...como você é apertadinha....parece uma virgenzinha...aiii..que gostoso....eu te quero...sente meu pau como ele é duro...

Aos pouquinhos aquela tora dura foi entrando e me dilatando....senti um pouco de dor...ele parou na metade e começou a beijar meus biquinhos...aos poucos sentia que minha bucetinha ia se dilatando e ficando mais molhadinha... De repente, não agüentei mais e um gozo louco começou a explodir em meu cérebro... não agüentei e puxei-o com força para dentro de mim...aquela tora grossa e dura com ferro, penetrou-me e um vai e vem louco e em alta velocidade começou a proporcionar um gozo atrás do outro...

- AIIII Karl....que gostoso...assim...me fode com força....enfia tudo...assimm...aiii meu homem...como tu sabes foder ...eu já gozei duas vezes e continuo gozando...aiii meu amorzinho...que pau grosso tu tens...aiii ...assimm, eu vou gozar....ai Karl...GOZA COMIGO MEU MACHO!....enfia...asssimmm..aiii...hummmmmeu estou gozando...

- Carla queria eu também estou gozando...AAHHHHHHH...AIIIII...HUMMM..

Ele enfiou-se com forma e senti seu pau estufar mais ainda dentro de minha buceta enlouquecida...um caudal de porra inundou-me por dentro....

Gozei como nunca havia gozado...Paulo nunca conseguiu me dar orgasmos tão fortíssimos como esses que o Karl me proporciounou...

Assim, nossos dias passaram muito rápidos, fodíamos todos os dias...minha buceta estava insaciável e com aquele pau grosso e insaciável, ela gozava mais ainda....fodemos na praia, no mato...e, principalmente em nossos apartamentos...eu também fui fuder com ele...Foi umas férias muito gostosa!

Paulo iria gostar se eu contasse a ele o que fiz...só que não tenho coragem de contar a ele que fudi com um rapazinho louco, insaciável e dono de uma língua e de um pau enorme...

Gostou? Vote no Conto:

20/11/2011 | 27522 visitas

 
 

Comentários



    :D :P: :afff: :confiante: :convencido: :convite: :decepcionado: :derrota: :descrente: :encucado: :fascinado: :lagrima: :legal: :meia-boca: :no:

    confirmacao
    Obs: Todos os campos são obrigatórios
     
     
    sexo anal safadas porno